Duomo de Milão (Catedral de Milão): informações úteis, horários de abertura, história, curiosidades, endereço e mapa


Duomo de Milão (Catedral de Milão)

Um pouco da história do Duomo de Milão

A construção do Duomo de Milão foi iniciada em 1396 e concluída em 1965, no lugar onde se anteriormente encontrava-se a Basílica de San Ambrogio desde o século V d.C até 836 quando foi acrescentada a Basílica de Santa Tecla, ambas destruídas em um incêndio em 1075. A construção da Catedral de Milão começou sob o comando de Gian Galeazzo Visconti, com o objetivo de renovar a área e celebrar a política de expansão territorial da família Visconti.

Durante os cinco séculos da construção da catedral, diversos arquitetos, escultores e artistas contribuíram profissionalmente com a famosa “Fábrica do Duomo”, uma instituição com 300 funcionários, guiada pelo arquiteto Simone da Orsenigo. Galeazzon concedeu à Fábrica o uso exclusivo do mármore da jazida de Candoglia e também a isenção do pagamento de taxas.

Em 1389, o francês Nicolas de Bonaventure foi nominado arquiteto chefe e deu à Catedral características góticas marcantes. Assim, a fachada da Catedral foi revestida em mármore branco-rosa assim como o topo que possui uma infinidade de pináculos e agulhas decoradas com estátuas que contemplam a cidade. Giuseppe Perego esculpiu uma estátua folheada a ouro em 1774 que se encontra no ponto mais alto da igreja, conhecida como a Madonnina, que posteriormente tornou-se um dos símbolos de Milão.

Este imponente projeto resultou em um trabalho arquitetônico único, unindo o estilo gótico internacional com a arquitetura da Lombardia.

O que é o Duomo de Milão atualmente?

Ao contrário do que pode-se pensar, apesar da sua grande dimensão, o interior do Duomo de Milão é incrivelmente acolhedor. Não passam desapercebidas as lindas janelas de vidro colorido que representam cenas da Bíblia e refletem uma luz etérea no chão da igreja. Atualmente é possível descer a escadaria de mármore até o Tesouro do Duomo para ver e apreciar os objetos paleocristãos e romanos que ali se encontram. Também é possível subir ao terraço do duomo para admirar a espetacular vista da cidade.

A catedral continua a desempenhar sua função, é a sede da Arquidiocese de Milão e realiza regularmente atividades religiosas.

Curiosidades sobre o Duomo de Milão

Sabia que o Duomo de Milão tem 45 metros de altura só fica atrás da Catedral de Beauvais de Paris, que tem 48 metros de altura? A catedral de Milão, mais conhecida como Duomo de Milão, é uma igreja impressionante que possui cinco naves, uma central e quatro laterais, com aproximadamente quarenta pilares e também é dividida por um transepto que vai do cora até a abadia. A nave central possui 45 metros e é feita de tijolos revestidos de mármore.

Sabia que o Duomo de Milão é uma das maiores catedrais católicas do mundo? A Catedral de Milão tem 157 metros de largura, 11.700m² e capacidade para mais de 40.000 pessoas.

Por que visitar o Duomo de Milão?

A Catedral de Milão é uma grande igreja formada por grandes painéis de mármore escuro onde é possível admirar o seu estilo estilizado e espaçoso, possui longas colunas de mármore e estátuas que alcançam o teto. Entre estas colunas estão suspensas grandes imagens que representam diversas cenas religiosas. Além disso é possível ver os esqueletos de vários santos vestidos com seus melhores hábitos. Entre os elementos mais impressionantes estão seus belos vitrais e a estátua do Apóstolo Bartolomeu.

Outras atrações nas proximidades

Muito próximo ao Duomo de Milão fica o Cenacolo Vinciano, onde é possível admirar a Última Ceia de Leonardo da Vinci, uma das obras mais famosas deste artista italiano, uma pintura que parece conter mitos e mistérios relacionados à cultura daquele tempo. Esta excepcional obra de arte encontra-se dentro da antiga igreja de Santa Maria delle Grazie, um dos locais de interesse cultural mais famosos da Itália por ser Patrimônio da Humanidade. A Última Ceia fica no refeitório da igreja.

Ainda muito perto do Duomo de Milão encontramos a Pinacoteca Ambrosiana que foi criada com o objetivo de inspirar novos artistas e atualmente contém algumas das mais extraordinárias obras-primas de todos os tempos, como por exemplo “o Musicista” de Leonardo, a “Cesta de Frutas” de Caravaggio, a “Adoração dos Magos” de Tiziano, a “Virgem e o Menino Jesus com três anjos” de Botticelli e os “Vasos de Flores” de Jan Brueghel, entre muitos outros.

Informações Úteis

Horários de abertura

Aberto todos os dias das 8:00 às 19:00.

Endereço e Mapa

Piazza del Duomo - Milão.

Ver mapa

Acesse comodamente os museus, utilizando o nosso serviço de translado!
SERVIÇO DE TRANSLADO
SERVIÇO DE TRANSLADO
Reserva Agora